UNIMED-RIO TEM NOVOS 14 PRODUTOS LIBERADOS PARA A VENDA

RIO — Reclamações relativas à cobertura assistencial, como negativas e demora no atendimento, recebidas no terceiro trimestre deste ano, levaram a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) a determinar a suspensão de venda de 31 planos de dez operadoras. Neste ciclo, estão sendo reativados plenamente 27 planos de saúde de sete operadoras, entre eles os 14 planos da Unimed-Rio, que está em direção fiscal e técnica, proibidos de serem vendidos no ciclo passado.

Neste ciclo, a cooperativa não teve nenhum produto suspenso. Outras três operadoras tiveram seus planos parcialmente reativados para comercialização.

Para o presidente da Unimed-Rio, Romeu Scofano, a liberação para venda de todos os planos da cooperativa é reflexo dos esforços impetrados pela empresa para a melhoria de seus indicadores, com destaque para a redução significativa do volume de reclamações. Em um ano, a diminuição foi de mais de 50%.

– Esta é uma indicação que estamos atendendo às expectativas de nossos clientes. E isso para a gente é o mais gratificante, pois todos os nossos esforços são sempre para melhorar o atendimento aos nossos beneficiários e oferecer uma medicina de alta qualidade. A liberação total dos planos para comercialização mostra que estamos seguindo pelo caminho certo – diz Scofano.

A medida passa a valer na sexta-feira da próxima semana, dia 8 de dezembro, e faz parte do acompanhamento periódico realizado pela ANS pelo Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento. De acordo com a agência, a suspensão tem  um caráter de proteção dos 167,7 mil beneficiários desses planos, que continuam a ter assistência regular. Os produtos afetados só podem voltar a ser comercializados para novos clientes se comprovarem a melhoria no atendimento.

Fonte Jornal O Globo

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *